ATRIBUIÇÕES DOS INTERLOCUTORES DO PROGRAMA REGIONAL DE TURISMO

ATRIBUIÇÕES em âmbito Regional
  • Assegurar que as atribuições das instituições que atuam no nível estadual sejam realizadas.

  • Planejar, coordenar, monitorar e executar as ações do PRT em âmbito estadual.
    Promover a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro no âmbito estadual.

  • Realizar oficinas de mobilização e sensibilização para a implementação de ações dirigidas ao PRT e ao Mapa do Turismo Brasileiro.

  • Orientar, acompanhar, revisar e homologar o processo de cadastramento dos municípios no Sistema de Informações do Mapa do Turismo Brasileiro – SISMAPA.

  • Articular, negociar e promover o estabelecimento de parcerias, em âmbito estadual, em prol da regionalização.

  • Assegurar que a adesão dos municípios e regiões turísticas ao PRT seja definida conjuntamente pelo Órgão Oficial de Turismo e pelo Conselho Estadual de Turismo, com base nas informações oriundas do MTur e das IGRs.

  • Acompanhar o funcionamento do Fórum/Conselho Estadual de Turismo e das IGRs.

  • Orientar o funcionamento regular das IGRs e Conselhos Municipais de Turismo.

  • Apoiar o processo de ordenamento dos destinos turísticos em âmbito estadual.

  • Assessorar tecnicamente as IGRs.
    Fortalecer a governança e o trabalho coletivo nas regiões, aproximando o setor governamental e não governamental com integração de ações e políticas públicas.

  • Convocar e participar de reuniões com interlocutores regionais e municipais.
    Participar dos encontros nacionais de turismo.

  • Acompanhar, quando possível as reuniões do “PRT+Integrado”.
    Produzir e disseminar informações e conhecimento, assim como validar o conjunto de dados e informações produzidas pelas regiões.

  • Propor critérios estaduais para atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, validados pelo Fórum ou Conselho Estadual de Turismo.

  • Apoiar os órgãos municipais de turismo na gestão municipal do turismo.

  • Promover estudos e pesquisas sobre o nível de desenvolvimento turístico das regiões turísticas e municípios.

  • Elaborar diretrizes e estratégias para a política estadual de turismo em consonância com as orientações nacionais.

  • Promover a articulação de atores e convergência de ações de gestão, fomento e promoção envolvendo a instância regional e municipal.

  • Desenvolver ações de fortalecimento do Conselho Municipal de Turismo.

  • Outras atividades correlatas.

ATRIBUIÇÕES em âmbito Regional
  • Planejar, coordenar, monitora e executar as ações do Programa, em âmbito regional.

  • Fomentar o planejamento estratégico da IGR e da Região de forma participativa.
    Articular, negociar e promover o estabelecimento de parcerias, em âmbito regional.

  • Promover reuniões junto com o interlocutor estadual visando a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro.
    Produzir e disseminar informações e conhecimento, assim como validar o conjunto de dados e informações produzidas pelos municípios.

  • Dar suporte aos interlocutores estaduais e municipais nas ações/atividades do programa.

  • Participar de reuniões da coordenação estadual do PRT.
    Participar e convocar reuniões com os municípios integrantes da região.

  • Propor o desenvolvimento de ações regionais, em especial das atividades turísticas voltadas ao mercado, com base em seu público-alvo.

  • Estimular a criação de redes entre os atores do turismo na região.

  • Coordenar a região turística através da organização e funcionamento de uma estrutura qualificada e sustentável de governança.

  • Participar e representar a IGR e sua Região Turística em eventos de turismo.

  • Acompanhar e orientar o funcionamento da IGR e dos Conselhos Municipais dos municípios que integram a região turística.

  • Acompanhar e revisar o cadastramento dos municípios de seu território no SISMAPA, para o Mapa do Turismo Brasileiro.

  • Realizar a Gestão da promoção regional a partir de apoio na estruturação e oferta de produtos e serviços turísticos competitivos nos municípios.

  • Fortalecer a mobilização e a sensibilização de parceiros estaduais, regionais e municipais em prol da regionalização do turismo.

  • Fomentar ações de integração com as instituições e colegiados estaduais e municipais.

  • Realizar ações à integração da iniciativa privada e para conhecimento e gerenciamento das ações intrarregionais.
    Participar dos Encontros Nacionais de Turismo e do “PRT+Integrado”.

  • Participar de reuniões com interlocutores Estaduais, Municipais e com o MTur, quando solicitado.

  • Outras atividades correlatas.

ATRIBUIÇÕES em âmbito Municipal
  • Assegurar que as atribuições das instituições que atuam no nível municipal sejam realizadas.
  • Alinhar o planejamento do turismo do município às políticas públicas estadual, regional e nacional.
  • Promover a organização e/ou mobilizar os segmentos existentes para o debate e a indicação de propostas locais para a região.
  • Planejar, executar e monitorar ações locais, integradas com a região.
  • Participar de debates e da formulação das estratégias locais para o desenvolvimento do município.
  • Produzir/coletar dados que permitam a identificação do nível de desenvolvimento dos produtos, com base no mercado emissor.
  • Organizar a coleta de dados que permitam a identificação do perfil do turista em seu destino.
  • Participar e representar o município nas reuniões da IGR e em eventos de turismo.
  • Acompanhar o cadastramento do seu município no SISMAPA para o Mapa do Turismo Brasileiro.
  • Incentivar e acompanhar o funcionamento regular do Conselho Municipal de Turismo.
  • Promover, organizar e dar publicidade a conteúdos de inteligência (dados, estudos e pesquisas) que deem base ao desenvolvimento turístico no âmbito municipal.
  • Promover a comunicação entre os agentes envolvidos. Articular e fortalecer a iniciativa privada.
  • Dar suporte aos Interlocutores Regionais e Estaduais e quando solicitado ao MTur, nas ações/atividades do PRT.
  • Integrar os diversos setores locais em torno da proposta de regionalização.
  • Produzir/coletar dados e informações que permitam a identificação do nível de desenvolvimento dos destinos.
  • Identificar a atividade turística municipal, tendo em vista a segmentação e o nível da oferta.
  • Identificar e disponibilizar um rol de atrativos e serviços turísticos do município para compor produtos/roteiros regionais.
  • Fomentar ações para a participação de forma cooperada na promoção da região turística.
  • Participar dos Encontros Nacionais de Turismo.
  • Participar de reuniões com interlocutores Estaduais, Regionais e com o MTur, quando solicitado.
  • Outras atividades correlatas.