Nova diretoria da Encantos do Sul realiza encontro para planejamento e definição das ações, após a eleição

Nova diretoria da Encantos do Sul realiza encontro para planejamento e definição das ações, após a eleição

Laguna: Definir as linhas de trabalho e o maior envolvimento e participação nos desafios do setor privado e setor público com o turismo de nossa região. Estes são alguns dos objetivos da primeira reunião da nova diretoria da Instância de Governança Regional (IGR) “Encantos do Sul”, que será realizada na quarta-feira, dia 08, às 16 horas, nas dependências do Geraldo Restaurante, na rua Vereador Tomé Machado de Souza, 45, Ponta da Barra, em Laguna, sul de Santa Catarina. A eleição e posse da nova direção da entidade, aconteceu no dia 30 de janeiro, no Aguaí Santuário Ecológico, em Nova Veneza/SC. O objetivo da Encantos do Sul é continuar fomentando o turismo através de ações e projetos para o desenvolvimento do setor turístico da região sul catarinense, unindo e trabalhando de modo conjunto com setor privado e público na busca de melhor atender o turista. Segundo informações do presidente eleito Albertino Ferreira, a linha de trabalho da diretoria, representadas pelos setores do turismo, como receptivo, eventos e gastronomia buscam compreender para planejar para sensibilizar e gerar mobilização da região, a palavra é construir pontes e planejar, ligando e entendendo as diferenças e desafios que serão precisos, como a definição de metas a serem alcançadas. “O desafio é grande, não impossíveis. O começo é a reorganização das bases de uma IGR (Instancia de Governança Regional), com planejamento, empenho e informação”, explica. Neste sentido, de acordo com o presidente, é preciso ter um caminho claro para que se possa mobilizar parceiros regionais, com as seguintes bases: -Criar uma base consistente para a comunicação regional, voltada à operacionalização do Programa de Regionalização do Turismo; -Articular, mobilizar e coordenar todo o processo da regionalização do turismo em sua região turística; -Possibilitar a descentralização das ações de coordenação do processo de desenvolvimento turístico regional da União para o Estado, e deste para as regiões turísticas. E finaliza dizendo que “as bases, serão a informação e um conjunto de ações estão sendo planejadas para esse começo, e a união e bom senso é a base para essa construção com diálogo e trabalho com atores e envolvidos no município. Recomeçar com todas as bases( esferas municipais, estaduais e federais), como os municípios que compõe e aos que serão convidados a ingressar na Encantos do Sul, compartilhar e gerar informações com planejamento”. Por: Redação Circuito Turístico/Silvia Zarbato Veja Aqui matéria
Tags:
Deixe o seu comentário
Comentário
Nome
E-mail