Santa Catarina ganha mais uma região turística

Santa Catarina ganha mais uma região turística

Anúncio foi feito ontem e o estado passa a ter 14 regiões turísticas Santa Catarina passa a contar a partir de agora com mais uma região turística, com a criação da Instância de Governança Regional de Turismo (IGR) do Alto Uruguai Catarinense, localizada no Meio-Oeste catarinense. A novidade foi oficializada com a publicação do Mapa do Turismo Brasileiro 2023, ontem,17. Com isso, o estado terá 14 regiões turísticas reconhecidas pelo Ministério do Turismo. Para criação da nova regional foram realizados estudos técnicos, a partir da lógica de organização institucional da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (AMAUC). Fazem parte da nova região turística, os municípios de Alto Bela Vista, Concórdia, Ipira, Irani, Itá, Peritiba e Piratuba. “Precisamos parar de olhar tanto para fora e valorizar as coisas boas que temos aqui no nosso estado. E agora, mais um roteiro turístico a ser explorado, com águas termais, sítios arqueológicos e muita cultura para quem vem de fora, mas também para quem é daqui. Uma das missões do governo é ser um animador do turismo, porque isso movimenta a economia. Vamos divulgar e trabalhar para que mais pessoas venham e equipamentos se instalem no Estado”, disse o governador Jorginho Mello . A região possui uma expressiva representatividade de cultura alemã e destacam-se potencialidades turísticas como as águas termais em Itá e Piratuba, o Sítio arqueológico do Contestado em Irani, o Museu Ângelo Spricigo e o Parque Fritz Plaumann em Concórdia, o Parque da Cascata em Ipira, mirantes no município de Alto Bela Vista, Gruta Nossa Senhora de Lourdes, em Peritiba, entre outras. “A regionalização do turismo é importante para o planejamento local das particularidades e planejamento da região. O estado tem que fazer a gestão, entender cada região para poder promover Santa Catarina com um todo. Isso tende a impulsionar o desenvolvimento territorial, econômico, ambiental e social, estimulando a governança turística, além de gerar emprego e renda na região”, disse o secretário de Estado do Turismo, Evandro Neiva. Governança turística Fazer parte de uma Região Turística e estar no Mapa do Turismo Brasileiro potencializa o desenvolvimento do turismo local e promove a governança turística, possibilitando a participação em políticas públicas estaduais e federais, a captação de recursos para a realização de obras de infraestrutura, a obtenção de capacitação e qualificação profissional, entre outros benefícios. A criação dessa nova regional era um pedido de mais de três anos do setor turístico local ao Estado. A partir de agora os municípios poderão fazer um trabalho conjunto em termos de planejamento, pensar atividades, elaborar projetos, captar recursos, entre outras questões. “Com a criação dessa nova região turística, o estado demonstra que está aberto ao diálogo com todos os interessados em trabalhar o turismo como estratégia de desenvolvimento em Santa Catarina”, afirmou Daiko Lima, gerente de Políticas Públicas e Governança Turística da SETUR (Secretaria de Estado do Turismo de Santa Catarina). Santa Catarina tem agora cerca de 130 municípios no Mapa do Turismo, os quais tiveram que atender alguns critérios e compromissos, entre eles a participação em instância de governança regional (IGR), possuir Conselho Municipal de Turismo funcionando e um órgão de turismo em atividade. Além disso, possuir orçamento próprio destinado ao turismo e, no mínimo, um prestador de serviços turísticos registrado no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur). Vale lembrar que o sistema de cadastramento continua e que qualquer município pode solicitar seu ingresso no Mapa 2023, basta atender aos requisitos do Programa. Confira a atualização da lista com a nova região:
  1. Caminho dos Canyons
  2. Caminho dos Príncipes
  3. Caminhos da Fronteira
  4. Caminhos do Alto Vale
  5. Caminhos do Contestado
  6. Costa Verde & Mar
  7. Encantos do Sul – https://encantosdosul.org.br/
  8. Grande Florianópolis
  9. Grande Oeste
  10. Serra Catarinense
  11. Vale das Águas
  12. Vale dos Imigrantes
  13. Vale Europeu
  14. Alto Uruguai Catarinense Colaboração: Paulo Rolemberg
Deixe o seu comentário
Comentário
Nome
E-mail